terça-feira, 18 de novembro de 2008

Escalada

Desafiar a força, a resistência, o frio, a força da gravidade, as intempéries só para chegar ao cume e sentir que sou capaz. Mesmo que no caminho outra avalanche me faça recuar. Mesmo que lá em cima me falte o ar. Tenho que trepar, sem cordas nem cabos. Com a força com que te amei e que me sobra agora.

8 comentários:

cavaleira disse...

porque não usar cordas e cabos?
Como não?

mfc disse...

Temos mais forças que as que julgamos ter.

cavaleira disse...

Ex-silenciosa!

RC disse...

Cavaleira,

Porque a escalada não seria tão emocionante. E porque sou uma maldita de uma inconsequente. ;)

Xi.

RC disse...

mfc,

eu sou uma optimista céptica como diz o outro: nunca sei bem a força que tenho.

Xi.

RC disse...

Cavaleira,

?

cavaleira disse...

Es - calada
Ex - silenciosa...

:-)

Voltaste com o teu blogue brilhante !
:-)

RC disse...

Cavaleira,

Escreverei até que a mão me doa. ;)

Xi.