domingo, 14 de dezembro de 2008

Amor marciano

É como a relação planeta Terra-Marte: não deixas de ser quem está mais próximo de mim mas, ainda assim, a tantos anos-luz de distância.

10 comentários:

Margarida disse...

[e nunca se hão de encontrar, por mais próximos que estejam]

Fenix disse...

RC,
Agora já percebi qual é o problema: Não podes dar-te com Marte! É o deus da guerra! Nunca correrá bem!
Transforma-te numa Vénus e dá-te (a) com alguém da Terra.
Vénus também está próxima da Terra, mas no lado oposto a Marte.
Só poderá correr bem!
Abraço

S. G. ex - Fernando Pessoa disse...

apetecia-me dizer um palavrão :-) é que adoro aforismos, e bem trabalhados então, nem se fala.

(de horóscopos não percebo nada :P)

mfc disse...

Precisamente os mesmos a que Marte está da Terra.

o mesmo de sempre. disse...

e ha alguma coisa em marte que por acaso valha apena arriscares tanto?!
"pode"haver água..e depois?!..
pode ter havido vestigios de "vida",cá para mim o pessoal destruiu marte,vieram para cá, destruiram "isto" e agora querem voltar para onde já nao ha nada.
É sempre assim.Raio que os parta.
Não vás para Marte,poupa-te a esforços e vive por aqui.é mais facil,mais bonito,mais seguro,e dás valor ao que tens.
texto parvo de terça-feira mas pronto.
até amanha vou-me deitar.

RC disse...

Margarida,
`
Há 50% de probabilidades. O que significa que é yum profundo mistério.

Bem-vinda.

Xi.

RC disse...

Fénix,

Eu sou uma mulher de guerras. Bélica, até. Entendes?

Xi.

RC disse...

S.G.,

Saca daí o palavrão!

(eu sou do signo da lua: aluada, portanto.)

Xi.

RC disse...

mfc,

O inverso sempre se verifica.

It's a two way road.

Xi.

RC disse...

O mesmo de sempre,

Um xi idiota de quarta ;)

Até amanhã :)))