sábado, 25 de outubro de 2008

Costura

A paixão estava-lhe tão grande que a deixou arrastar-se pelo chão durante meses, na esperança que a calçada e as solas dos sapatos (os mesmos que a pontapeavam) a desgastassem. Até que percebeu que não lhe restava nada mais senão fazer uma bainha. E pegou em agulha e linha, enfim.

8 comentários:

Comendador Antunes de Burnay disse...

...e percebeu que a paixão, sendo à medida, lhe ficava muito melhor. E gostou de se ver assim.

RC disse...

Sustente.

mfc disse...

É o também chamdo... remate!

Comendador Antunes de Burnay disse...

rc:

:)

RC disse...

mfc,

Espero que não se note o persponto.

Xi.

RC disse...

Comendador,

pois.

Xi.

Cantinho dos devaneios disse...

Que tal uma tesoura?

RC disse...

Cantinho,

Não gosto de coisas irreversíveis. Prefiro a agulha e a linha.

Xi.