quarta-feira, 22 de outubro de 2008

Premonição

Tu nunca mais voltarás a ser tu. Porque neste momento és tu sem mim. E, contudo, nunca mais voltarás a ser tu sem nunca me teres tido outrora. Mudei o teu ser. Para sempre.

14 comentários:

caos da teoria disse...

"... e tu mudaste o meu ser."


(pois...)

you know who disse...

E leio-te e desejava que isto fosse escrito para mim. Quis que escrevesses para mim tantas vezes. Porque nunca o fizes-te?

legivel disse...

... não me dás descanso! Eu a imaginar que com o caso da "pregadeira" resolvido, era chegar aqui e debitar umas tangas.

"Eu já não sou eu, porque sou eu sem ti, mas nunca voltarei a ser eu... ". Ok. Vou tomar os comprimidos outra vez...

Xi desvairado.

mfc disse...

A relação é "criminosa" na medida em que sempre afecta o outro.

RC disse...

Caos,

Mudei, pois. E tu, o meu.

(farsolas...)

RC disse...

S.,

Escrevi, sim. No devido tempo, há muito tempo atrás. ("Fizeste" escreve-se assim e não "Fizes-te"!):P

RC disse...

Legível,

Estou focada no xi desvairado. Gosto de xis desvairados. E desenfreados. :)

RC disse...

mfc,

As relações são sempre criminosas porque nos matam um bocadinho, levam sempre um bocadinho de nós. Concordas?

Xi.

Henry Michkin disse...

Levam um bocadinho mas com o tempo acrescentam sempre algo... os anos ensinam o que os dias desconhecem. Além de se escreve sempre melhor com o coração partido ;)

RC disse...

Henry,

Assim sendo, neste momento, estou apta a ganhar o Prémio Nobel da Literatura.

Xi e bem-vindo ao "geometrias"

cavaleira disse...

Existe um Antes de Cristo e um Depois de Cristo ?

mfc disse...

... completamente!

RC disse...

Cavaleira,

Não, mas existe um AL e um DL. Não espero que compreendas, mas que aceites como uma verdade minha.

Xi.

RC disse...

mfc,

:)

Xi.